TOTVS: home office mês sim, mês não

A TOTVS anunciou essa semana os resultados que vem obtendo com o seu programa de home office e revelou detalhes sobre a implementação do trabalho remoto. A frequência é o que mais chama a atenção: os colaboradores alternam 30 dias trabalhando em casa e 30 dias na companhia.

Segundo a executiva de RH da empresa, Daniela Cabra, a rotatividade é uma forma de o trabalhador não se distanciar da cultura da organização. “Ganhamos espaço no escritório devido à rotatividade e acabamos tendo uma baia para mais de uma pessoa. Além disso, embora o líder de cada funcionário tenha um contato próximo com ele, o que possibilita a identificação de qualquer mudança, como queda na produtividade, a ida deles à TOTVS a cada 30 dias permite que esse acompanhamento seja feito também pessoalmente, com base em conversas”, conclui.

A TOTVS implantou o modelo no início de 2014, por meio de um projeto piloto com cerca de dez pessoas. Hoje, pouco mais de um ano depois, já são mais de 100 funcionários trabalhando de casa.

Para obter a efetividade máxima do programa, a companhia realizou entrevistas com os profissionais interessados para identificar aqueles que têm perfil e disciplina para trabalhar de casa. Além disso, a equipe de Segurança do Trabalho foi até a residência de cada um dos colaboradores para conhecer o local em que iriam trabalhar e identificar a ergonomia e infraestrutura necessárias.

Tábata Amaral, analista de suporte técnico da TOTVS em São Paulo, comprovou os benefícios do projeto e afirma que conseguiu atingir suas metas e aumentar bastante a sua produtividade. “Na empresa, as pessoas vão até a sua mesa para conversar. Em casa, como falamos pela rede social da companhia, acesso essa informação quando tenho disponibilidade. Além disso, por não gastar tempo no caminho para o trabalho, consigo um rendimento ainda melhor na faculdade, tanto durante as aulas, à noite, como nos estudos em casa”.

Provedora global de software de gestão, plataforma e consultoria, a TOTVS possui cinco filiais no Brasil, além de 52 franquias, mais de 200 distribuidores e nove centros de desenvolvimento.