Conheça os grupos de Hoffice no Brasil

Grupo Hoffice São Paulo foi pioneiro na América Latina (Foto: Hoffice SP)

Por mais contraditório que pareça, tem dias em que tudo o que se quer no home office é companhia. Seja para trocar ideias, pedir uma opinião em um projeto ou jogar conversa fora entre um e-mail e outro. Se você já passou por isso é bem provável que, mesmo sem saber, seja simpatizante do Hoffice, movimento que vem ganhando força no Brasil.

O Hoffice tem tudo a ver com o conceito de economia colaborativa e pode ser definido como a reunião de profissionais de diferentes empresas e áreas em um mesmo lugar, sem intenção de lucro, com o objetivo de compartilhar o espaço e trocar ideias e experiências.

É como se você resolvesse abrir a sua casa por um dia para que seus amigos e outros profissionais trabalhassem nela, uma espécie de coworking gratuito, um dia de home office só que na casa de outra pessoa ou em um lugar público.

O modelo é bem forte em países como Dinamarca, Suécia e Finlândia, e já conquistou vários adeptos por aqui. Segundo informações do grupo Hoffice São Paulo, o movimento completou em outubro oito meses no Brasil, com mais de 900 membros e 20 encontros realizados.

 

Como participar

O movimento se organiza através de grupos criados no Facebook. Interessados em viver a experiência Hoffice podem procurar na rede social pelos grupos que já foram criados em várias cidades brasileiras. Basta digitar a palavra “Hoffice” + “nome da cidade”.

Plataforma hoffice.nu facilita a localização de Hoffices

Plataforma hoffice.nu facilita a localização de Hoffices

Outra opção é buscar no hoffice.nu, site que mantém um mapa das comunidades ativas em todo o mundo e também dá dicas (clique aqui e procure abaixo do mapa) para quem pretende formar grupos e eventos Hoffice.

Listamos abaixo os grupos que realizam encontros no Brasil, e outros recém-criados que ainda estão se organizando.

 

Hoffice São Paulo

Encontro dos hofficers na Casa Viva, em São Paulo. (Foto: Hoffice São Paulo)

Encontro dos hofficers na Casa Viva, em São Paulo (Foto: Hoffice São Paulo)

Formado em fevereiro deste ano, o Hoffice São Paulo foi o primeiro grupo hoffice criado na América Latina, segundo registros da hoffice.nu, e nasceu por iniciativa do publicitário Max Nolan Shen, principal incentivador do movimento no Brasil.

Entre a criação do grupo e o primeiro encontro, que aconteceu na casa do Max, foram cerca de dois meses. Logo o movimento foi ganhando o apoio de outros membros, como a assessora de imprensa Helena Castello Branco, que abrem suas casas para os eventos e também procuram divulgar e fortalecer a cultura do Hoffice.

Helena acredita que alguns fatores fazem a diferença para que os encontros saiam do papel. “Estamos fazendo um esforço no grupo para construir relações entre as pessoas, que é o mais importante. Também depende muito da forma como o convite é feito e de propor um dia atraente de trabalho”, analisa. “Procuramos não centralizar informações ou poder. Tanto que o grupo tem vários administradores. Isso ajuda a crescer e fazer do movimento algo colaborativo, não é para ser uma estrutura hierárquica onde só se distribui tarefas”.

2º encontro de hofficers em São Paulo (Foto: Grupo Hoffice SP)

2º encontro de hofficers em São Paulo (Foto: Grupo Hoffice SP)

Adepta do home office há mais de sete anos, Helena já participou de Hoffices com uma pessoa e também com grupos maiores. As dinâmicas, explica ela, são diferentes. Enquanto que os encontros com menos pessoas podem, eventualmente, ser monótonos, quando tem muitos participantes é um pouco mais difícil para trabalhar.

O último evento Hoffice do grupo aconteceu na Casa Viva, por onde passaram mais de vinte pessoas. A ideia é que o próximo aconteça no Hiperespaço e conte com um número ainda maior de participantes.

 

Hoffice Rio de Janeiro

O Hoffice Rio de Janeiro nasceu em fevereiro deste ano e reúne 112 membros. O primeiro evento só aconteceu no início de outubro, quando a design thinker Cleyde Engelke organizou um encontro em Copacabana, com a ideia de frutificar relações e parcerias. A realizadora do evento comenta no grupo sobre a cultura do medo, no sentido do temor em abrir a casa para desconhecidos, mas diz que opta por seguir no princípio da confiança e da cooperação.

O próximo encontro ainda não tem data marcada, mas existe a ideia de realizar um grande brainstorm para elencar necessidades, expectativas e caminhos de soluções.

 

Hoffice Porto Alegre I

O primeiro grupo Hoffice Porto Alegre foi criado em fevereiro deste ano por André Flores, que se inspirou em um artigo que leu na internet. “Tínhamos uma casa como escritório, por isso achamos que poderíamos organizar encontros, mas nunca saiu do papel. Acho que é uma ideia muito legal, mas com pouca aderência no Brasil. Não sei se as pessoas são tão desprendidas assim para compartilharem um home office com os outros, mas espero que em breve consigamos”. O grupo hoje conta com 38 membros.

 

Hoffice Granja

Localizado na cidade de Cotia, região metropolitana de São Paulo, o grupo Hoffice Granja foi criado em março e reúne 48 pessoas. Já ouve uma tentativa de encontro em abril, mas que acabou não acontecendo. Os integrantes seguem divulgando a cultura do Hoffice.

 

Hoffice Porto Alegre II

No final de outubro a pesquisadora, Gabriela Teló Bertolazi, criou o segundo grupo de Hoffice em Porto Alegre, que já conta com 32 membros. A inspiração veio do contato com Max Shen, do Hoffice São Paulo. “Eu já era uma entusiasta do movimento, mesmo à distância. Quando descobri o Hoffice me senti abraçada, pois uma das maiores dificuldades de se trabalhar em casa, a solidão, poderia ser resolvida de forma maravilhosa”.

Como o grupo é recente, Gabriela ainda está começando a organizar a ideia de um encontro. “A maior dificuldade que eu sinto é a de que as pessoas não estejam acostumadas com o exercício de compartilhar. Nada que não possa ser resolvido com uma conversa que explica exatamente os ideais do movimento”, finaliza.

 

Hoffices Belo Horizonte, Curitiba, Salvador e São Leopoldo

Em Belo Horizonte o grupo também foi criado no final de outubro, e conta com 67 pessoas. Em Curitiba o grupo já conta com 17 participantes.  Salvador o primeiro encontro aconteceu na semana passada e foi divulgado no Hoffice São Paulo, vale conferir mais detalhes por lá. São Leopoldo, cidade próxima de Porto Alegre, conta com um grupo Hoffice formado por 12 membros.

 

* A ideia é manter uma relação atualizada de grupos de Hoffice, portanto se você faz parte de algum grupo no Brasil que não entrou na lista, e quer vê-lo por aqui, é só entrar em contato pelo contato@adorohomeoffice.com.br.