60% já trabalham fora do escritório

trabalho remoto

De acordo com um estudo da Regus, divulgado hoje pela Exame, 60% dos profissionais do Brasil já trabalham fora do escritório pelo menos 2 dias e meio por semana. No mundo, a média do trabalho remoto é de 50%.

Gerenciar as atividades dos funcionários à distância, porém, ainda é um desafio para os empregadores. Entre os brasileiros pesquisados, 79% disseram que suas companhias estão mais preocupadas em avaliar a equipe pelos resultados entregues do que pelo tempo gasto no escritório. Outros 69% afirmaram que elas estão buscando aumentar a parcela de trabalhadores remotos e 59% disseram a flexibilidade é usada como uma ferramenta para atrair os melhores candidatos.

Na opinião dos entrevistados brasileiros, o principal motivo pelo qual as empresas buscam adotar o home office é o crescimento da demanda dos funcionários por melhor qualidade de vida. Esse argumento foi usado por 62% deles. Em seguida, aparecem a necessidade de se criar uma companhia ágil (55%), a maior demanda por trabalhar perto de casa (50%) e os altos gastos com transporte até o escritório (42%).

Outro lado

Uma outra pesquisa divulgada recentemente indicou que o maior receio das empresas ao adotar o home office está diretamente ligado com a produtividade do funcionário. 51% dos empregadores ainda acreditam que essa é uma das grandes desvantagem desse novo modelo de expediente.

Ao meu ver, temos um grande embate de empresas com um formato mais moderno X empresas tradicionais. Quem será que vence essa disputa?

 

 

  • Não sei não heim, acho que essa estatística aí está meio exagerada, não acham?

  • Giancarlo

    Da onde tiraram esses dados? Hauahuahaiauaihauah

    • AdoroHomeOffice

      Oi, Giancarlo. A pesquisa foi conduzida pela Regus e publicada com exclusividade na Revista Exame. Abraços.