AHO no Banzai Coworking

Banzai Coworking

Durante o mês de janeiro eu aproveitei para tirar umas férias na casa dos meus pais, que moram em Cascavel, no Paraná. Me organizei bem pra aproveitar a folga entre o período de Natal e Ano Novo, mas depois disso precisava voltar a produzir normalmente. De fato, é difícil manter a concentração com mais gente em casa, por isso pensei em buscar um coworking para continuar trabalhando e aproveitando uns dias com a família.

Nessa busca, dei de cara com o Banzai Coworking. Dei de cara mesmo: passei na rua, achei o lugar super bacana, voltei pra casa e fui pesquisar na Internet. Descobri que era um espaço novo e que eles ainda estavam em fase de “soft open” durante os primeiros dias de janeiro. Cheguei lá e a equipe foi bem querida e solícita comigo. Me instalei para trabalhar enquanto observava o ambiente.

Banzai Coworking

Tem três coisas que tenho considerado básicas em coworkings: Internet BOA, cadeiras confortáveis e tomadas acessíveis. Além completar o check list dos itens básicos, achei o lugar bem inspirador. A decoração é inusitada e provocante, perfeito para aqueles dias de bloqueio criativo. A localização é interessante, pertinho do centro mas numa área em que ainda é possível encontrar estacionamento, caso você vá de carro.

Uma coisa que nunca tinha visto em nenhum espaço compartilhado é a cabine telefônica. Um espaço com isolamento acústico para que você possa atender ligações mais demoradas ou até mesmo fazer vídeoconferências sem nenhuma distração e também sem atrapalhar a concentração dos outros profissionais. A utilização desse espaço está inclusa no plano de uso mais completo e custa R$ 10,00 por hora nos planos mais simples.

Banzai Coworking

Além disso, eles têm uma sala de reunião com capacidade para até cinco pessoas, equipada com televisão, Internet e ar-condicionado. Se você quiser utilizar apenas a sala de reunião para uma apresentação ou um prospect com cliente, é possível. O custo é de R$ 60,00 por hora. Já a sala de eventos comporta 17 pessoas, é equipada com projetor multimídia e pode ser usada para treinamentos e cursos. O custo é de R$ 100,00 por hora. Outra coisa legal são as estações reservadas de trabalho, perfeitas para quem precisa atender e receber clientes. Eles também oferecem uma cozinha compartilhada para fazer um lanchinho e já aproveitar para interagir com os colegas coworkers. Ahhh, toda quinta-feira tem um café coletivo!

Banzai Coworking

(Fotos: Banzai Coworking)

Os planos disponíveis começam a partir de 1 hora de uso e vão até o uso ilimitado. Para usar o espaço por apenas uma hora o custo é de R$ 15,00. Para usar o dia todo o valor é R$ 100,00 e no plano de 100 horas o valor mensal fica em R$ 420,00. Os planos maiores incluem alguns benefícios, como utilização da impressora, da sala de reuniões e perfil no site do coworking. Se você achou a ideia bacana, entre em contato com a Aitana, que é uma das sócias e atendimento do espaço.

Mudando o mindset

Durante os dias que trabalhei no Banzai, aproveite para trocar uma ideia com a Aitana, a Carla e o Lucas, três dos sócios do coworking. Contei como estava impressionada com a qualidade do espaço e com o investimento deles nesse modelo compartilhado, e surpresa por encontrar uma estrutura como a deles em uma cidade do interior. Talvez fosse um grande desconhecimento meu, que acabo utilizando esses espaços apenas em viagens para capitais, mas foi uma surpresa muito positiva. Eles compartilharam o sentimento de acreditar que esse seja o futuro das relações de trabalho e se mostraram muito positivos com relação à ocupação das estações de trabalho. Todas as tendências e pesquisam mostram que 2016 tem tudo pra ser o ano do coworking. Que seja também o ano da mudança de mindset e que a gente possa ter uma relação mais saudável com trabalho.

BANZAI COWORKING
R. Castro Alves, 2258
Centro, Cascavel – PR
(45) 3039-4203
http://www.banzaicoworking.com.br/