Up no Home Office: decor econômica e criativa com Eva Mota

follow-the-colours-up-home-office-eva-mota-decoracao-possivel-escritorio-handmade-00

Bloggers at Their Desks é um projeto gringo que traz fotos de blogueiras em seus home offices e que inspirou o Adoro Home Office, em parceria com o Follow The Colours, a criar a série “Up no Home Office”.

A convidada da semana é da jornalista, designer de interiores e empreendedora criativa Eva Mota que conta um pouco de suas ideias no blog Ateliê Casa de Maria. Casada, 31 anos, mãe de três bichanos, Eva é baiana do interior criada em casa com quintal grande onde subia nas árvores com sua irmã pra arrancar fruta do pé.

follow-the-colours-up-home-office-eva-mota-decoracao-possivel-escritorio-handmade-13

Apaixonada pelo universo criativo e pela decoração possível, seu home office foi feito todo por ela à mão. Já foram três anos desde que Eva transformou o quarto de seu apê que divide com marido em seu local de trabalho. Metade sua, metade dele. Atualmente ela trabalha projetando ambientes e prestando consultorias para pessoas que acreditam na decoração criativa, econômica e consciente.

Apesar de já ter outro projeto de interiores pra o cômodo, bem diferente do atual, Eva mostrou um pouco do canto que inspira a sua rotina de trabalho.

follow-the-colours-up-home-office-eva-mota-decoracao-possivel-escritorio-handmade-02

“Você só entende a rotina de trabalho home office quando começa de verdade. Eu criei este espaço antes de começar a trabalhar. E trabalhei em frentes diferentes, ainda não tinha definido ser designer de interiores como agora, logo, as necessidades vão mudando e você entende que o espaço também precisa mudar. Mesmo estando diferente, com um computador enorme tomando conta de tudo, impressora A3, com a máquina de costura guardada, tenho um carinho enorme por este cantinho.

Nele nasceram as primeiras impressões sobre meu trabalho como designer, como criativa e artista manual, como autora de um blog e dona de uma lojinha virtual no início. Foi quando comecei a empreender e nem sabia direito onde isso me levaria.”

follow-the-colours-up-home-office-eva-mota-decoracao-possivel-escritorio-handmade-05

“Projetei a bancada e um armário, mas a grana curta me fez pensar opções pra um armário acima da bancada e vi que ficaria mais em conta, a produção de caixotes em MDF. Pintei as paredes com a cor ‘Verde da Fazenda’ da Coral, já que verde é a minha cor preferida. O contraste, pra ficar mais quente, escolhi o vermelho em acessórios que todos customizados por mim. Na falta de quadros, eu mesma fiz flores de papel pra alegrar mais o ambiente. Pintei peça aqui e acolá e por assim segui trabalhando este tempo, numa jornada de autoconhecimento e de muito aprendizado.”

follow-the-colours-up-home-office-eva-mota-decoracao-possivel-escritorio-handmade-06

Eva diz que o maior benefício de trabalhar em casa é sem dúvida a liberdade pessoal e profissional.

“Talvez escolher falar em liberdade primeiro como o principal benefício, venha da falta dela dentro de uma redação de telejornal, onde trabalhei por cerca de oito anos. Não há prisão maior que você trabalhar onde não mais admira, com o que não acredita, seguindo padrões com os quais você não concorda. 

Porque eu sou dessas que considera o trabalho e vida uma coisa só. Isso pode ser uma dádiva e um problema também. Mas ser livre pra fazer meus horários, minha rotina, sem depender de ordem, de hierarquia é maravilhoso. Este auto-gerenciamento que acontece é o que me deixa mais apaixonada no trabalho feito em casa. E com prazer, o trabalho rende.”

Ela diz também que a redução de custos, a facilidade de recomeçar caso as coisas não saiam como planejado, muito mais qualidade de vida é a sua vantagem preferida.

follow-the-colours-up-home-office-eva-mota-decoracao-possivel-escritorio-handmade-04

FTC: Qual a maior dificuldade que tem/teve ao trabalhar em casa?

Disciplina. Lembra que aí acima falei que eu e o meu trabalho somos um só? Pois é, isso pode ser muito bom e muito, muito ruim também. Porque eu acabo perdendo o limite muitas vezes e considerando o trabalho mais que a minha vida pessoal. E pra isso, a disciplina é fator, com muita certeza, mais que necessário pra trabalhar em casa.

Por exemplo, eu não parava no meio da tarde pra fazer alguma outra tarefa não ligada ao trabalho. Eu pecava de outra forma: não tendo limites pra separar o meu trabalho, da minha vida, da minha vida com meu marido, meus gatos, dos cuidados com a minha saúde e por aí vai… Se deixasse, eu só trabalhava, só pensava nisso, só falava nisso, só fazia isso.

Eu tenho trabalhado muito, muito mais que antes, muito mais que num emprego “formal” até mesmo porque também tô empreendendo um negócio, mas por conta da falta de disciplina, posso me isolar socialmente, perder minha privacidade pessoal, o que não é saudável, produtivo e correto. Jamais. Tudo precisa de equilíbrio.

follow-the-colours-up-home-office-eva-mota-decoracao-possivel-escritorio-handmade-07

“Às vezes trabalhar por horas e horas ininterruptas, pode gerar precariedade no desenvolvimento do trabalho, mesmo amando o que faz e o cansaço se instala. Então, eu tento ter muita disciplina, organização, planejamento. Escrever na agenda e cadernos, toda e qualquer atividade pra me organizar.

Gero um cronograma e vou dando ‘check in’ nas tarefas do dia e também busco obedecer meus momentos de pausa pra estudar, cuidar de mim, das amizades, da casa, das minha plantas, dos meus bichos e do meu marido, enfim, dos meus amores. Tem funcionado bem e minha rotina tem sido bem produtiva desde que enxerguei os meus excessos e minha falta de equilíbrio nesse sentido.”

follow-the-colours-up-home-office-eva-mota-decoracao-possivel-escritorio-handmade-15

FTC: Se pudesse dar uma dica para quem quer começar a montar o seu espaço e a organizar a sua rotina, qual seria?

Antes de tudo, definir com o que vai trabalhar, penso eu. Se já tem um segmento ou segmentos de trabalho, ótimo. Mas penso, que primeiro é preciso ter definido com o que quer trabalhar pra poder se dedicar mais ao desenvolvimento deste trabalho e empreender de casa, o que não é tarefa simples.

Definindo os segmentos de atuação, é criar um espaço com o que vai ser utilizado de verdade. Um enfeite aqui, um fru fru ali porque a gente merece, mas se puder é bom montar o espaço só com o necessário pra o trabalho. Principalmente se morar num apê super pequeno como o meu.

A gente, se perceber, vai acumulando coisas que não fazem sentido pra o dia-a-dia e o espaço acaba desorganizado, influenciando no rendimento. Outra dica que daria é ter um espaço com boa iluminação e com itens que nos inspire. No meu caso, meus bichos, plantas e música. Antes de sentar pra trabalhar, escolho a trilha do dia. Pra mim, são elementos que me alegram, me energizam e refletem no que eu faço diariamente.

follow-the-colours-up-home-office-eva-mota-decoracao-possivel-escritorio-handmade-08

follow-the-colours-up-home-office-eva-mota-decoracao-possivel-escritorio-handmade-14

follow-the-colours-up-home-office-eva-mota-decoracao-possivel-escritorio-handmade-17

“Acho que essencial é ter a disciplina. Mas não só para conosco, mas com os outros também. Porque um problema que geralmente acontece quando a gente começa a trabalhar em casa é a família, amigos e pessoas próximas não entenderem quem você continua trabalhando, cumpre horários, metas, planos e prazos. Se você impõe uma postura de respeito com o que faz, automaticamente os outros entendem também e respeitam seu novo modo de vida. Atender clientes e urgências é preciso, mas o lazer também tem sua hora certa. E no mais, é amar o que a gente faz!”.

follow-the-colours-up-home-office-eva-mota-decoracao-possivel-escritorio-handmade-10

* Up no Home Office é um projeto inspirado na série Bloggers at Their Desks, realizado pelo Follow The Colours em parceria com o Adoro Home Office. 

1 Comments

  1. Esse é um dos meus projetos favoritos postados por vocês. Com certeza virou uma inspiração!

Deixe uma resposta