Como trabalhar remotamente sem perder a motivação

HOM - Home Office Management 2

como trabalhar remotamente sem perder a motivação

Trabalhar em casa é surpreendente do ponto de vista da produtividade, com 86% dos adeptos declarando que preferem trabalhar sozinhos para alcançar o máximo de eficiência. Por outro lado, depois de alguns meses, a solidão do home office pode tornar o trabalho um pouco sem graça e até desestimulante, principalmente se você for um workaholic.

Adepta do home office há 15 anos, a escritora Alison Buckholtz compartilhou recentemente uma série de dicas para tornar a rotina do trabalho remoto mais estimulante. Se você sente que está perdendo a motivação, ou que a sua equipe remota está deixando a peteca cair, vale a pena experimentar estas sugestões.

Use o tempo economizado em deslocamento para ler um bom livro

A maioria das pessoas costuma ler no metrô ou no ônibus a caminho do trabalho. Ler em dois intervalos de meia hora cada, um às 8:00 e outro às 17:00, por exemplo, pode proporcionar uma nova perspectiva para o seu dia e inspirá-los em vários aspectos da sua vida.

Saia de casa pelo menos uma vez ao dia

Existe aquela velha recomendação de que você deve arrumar sua cama logo que acorda, assim não importa o quanto o seu dia seja horrível, ao menos uma coisa você conseguiu realizar. É mais ou menos por aí, a ideia de sair de casa tem a ver com forçar um sentimento de realização.

Vá ao mercado, caminhe no parque, leve as roupas para a lavanderia: cumpra a sua missão do dia. Só você pode determinar quanto tempo pode ficar longe do seu home office. Mas mesmo que seja dez minutos, esse tempo gasto com um objetivo não relacionado ao trabalho faz toda a diferença.

Não trabalhe com outras pessoas só porque elas também fazem home office

Sabe aquela coisa de dividir apartamento com alguém que você odeia? Encontros com outras pessoas que trabalham em casa são assim, você só deve fazer se realmente existir uma verdadeira afinidade. E não apenas porque ambos buscam fugir do marasmo.

Faça alguém feliz

Sempre tem aquele hora do expediente em que as coisas se arrastam. É nesse momento que você tende a gastar o seu tempo comendo porcarias, stalkeando no Facebook ou qualquer outro hábito que não acrescenta nada. Ao invés disso, que tal ligar para a sua avó, dar um oi para a vizinha solitária ou uma atenção especial para um amigo que está precisando.

Repita para você mesmo “eu ganho para isso”

Ser elogiado é bom, mas vamos ao ponto duro: o seu trabalho é pago. Trabalhar em casa significa que seus colegas não estão vendo o quanto você deu duro para escrever um relatório. Ou como determinada reunião foi difícil. Por outro lado, todo mundo fica feliz quando você cumpre seus prazos. E o seu salário chega mesmo que você nunca tire o pijama.

Exercite-se

Não estamos falando de exercício para perda de peso, mas de exercício para sanidade e produtividade. Esse esforço físico vai limpar a sua mente e deixá-la pronta para ser repovoada por problemas e dificuldades que, com uma nova perspectiva, podem ser resolvidos de uma maneira totalmente nova.

Atividades físicas permitem que você não pense em mais nada além daquilo que está fazendo naquele momento e lhe deixam exausto e eufórico. O esgotamento não vai durar por muito tempo. Mas a euforia vai estar presente pelo restante do seu dia de trabalho.

* Esse post faz parte da parceira entre a HOM e o Adoro Home Office. A HOM é uma empresa especializada em ajudar organizações a implantarem e gerenciarem novos modelos de trabalho a distância. Clique aqui para saber mais.

HOM - Home Office Management