Quando o Detox Digital vira uma necessidade no home office

detox digital no home office

Quando chegou o final do ano passado eu olhei as resoluções que tinha feito no início de 2016 e tava lá a maldita meta não cumprida: “não me distrair com redes sociais e emails”.

Totalmente desapontada com a minha falta de controle diante das telas, tratei de colocar a vontade de desconectar na listinha de 2017. Também comecei a analisar a minha rotina e pesquisei algumas ferramentas e métodos que poderiam ajudar nesse detox digital.

Já percebi que, no meu caso, o home office é um agravante da conexão 24/7. Quando se “trabalha fora” parece que é mais fácil. Basta sair do ambiente corporativo e pronto, acabou. Mas como faz quando você praticamente mora no trabalho e o computador fica ligado o tempo todo? É o que tô tentando descobrir.

Metas de 2016 #Fail

A ideia desse post é compartilhar algumas coisas que estão dando certo pra mim e outras que não tiveram efeito – mas que podem funcionar pra você. Aliás, se você tiver alguma dica coloca nos comentários ou deixa no grupo do Adoro Home Office no Facebook (tá rolando até uma enquete por lá), vou adorar saber!   

 

1) Forest: Stay Focused

O Forest é um app para quem quer ficar um tempo longe do celular. Trata-se de um game chinês que mistura elementos de jogos como “Farmville” e “Colheita Feliz”.

Basicamente funciona assim: você “planta uma semente” que só cresce se você não acessar o celular, do contrário ela vai murchando até morrer. Ao final do dia é possível ter uma plantação e aí é só ir acumulando pontos.

Testei no final de semana e não curti. Fiquei ansiosa em saber quanto tempo já tinha se passado, se as plantas estavam crescendo, um inferno. O lado bom é que me liguei que realmente preciso esquecer um pouco do celular, dez minutos pareceram uma eternidade.

 

2) Rescue Time

O Rescue Time já é bem conhecido da galera freelancer. Você pode instalar tanto no smartphone quanto no computador. A partir daí ele vai registrar todos os seus acessos e mostrar com o que você gasta seu tempo enquanto está online.

Fiquei positivamente impressionada com esse app porque percebi como muitas vezes temos uma percepção bem errada do nosso comportamento. Por exemplo, eu achava que quase não acessava mais o Instagram. Para minha surpresa, só no sábado foram duas horas no “Insta” enquanto várias coisas que eu queria ter feito ficaram pra trás por FALTA DE TEMPO!

detox digital 4

Depois de uma semana o resultado é quase um dia no celular (SOCORRO)

Pretendo continuar com o Rescue Time e acho que vai ser bem útil usá-lo em conjunto com a próxima dica.

 

3) Hora certa

Antes de mais nada, queria deixar claro que acho a internet maravilhosa. O que tem me incomodado é o tempo que gasto com sites que não são interessantes, mas que continuo acessando por puro hábito.

Tem também o lance de interromper tarefas nas quais estou concentrada para responder um e-mail, ou ver uma notificação no Facebook ou algo do gênero. E ainda aquela sensação de que o dia passou e não fiz nada além de trabalhar, quando na verdade fiquei online me distraindo com coisas não urgentes.

Então uma coisa que está me ajudando é identificar os sites que acabam com a minha produtividade e só acessá-los em horários determinados. É tipo abrir o Facebook só no início da manhã, de meio-dia e no final do dia. O mesmo vale para o email. É abrir, ver se tem algo importante e fechar. 

Como trabalho com redes sociais, instalei o Facebook Page Manager e o Messenger no celular. Se acontece alguma coisa nas páginas ou se algum cliente chama no messenger, a notificação dos apps me alerta.

Tem funcionado bem. O que falta é colar um aviso no home office para eu lembrar de fazer isso todos os dias e contar com o Rescue Time para identificar mais distrações.

 

4) Detox Digital do Contente

O pessoal da Contente fez um post muito legal com 10 resoluções digitais – para pessoas que passam muito tempo online. Recomendo fortemente.

E ainda nesse post das 10 resoluções tem o link para o especial Detox Digital (também da Contente) que faz uma ótima abordagem sobre a forma como consumimos a informação. Ah, e tem depoimentos de várias pessoas com trabalhos ligados ao mundo digital e que relatam como administram o seu tempo online.

detox digital contente.vc

Imagem Bonecas Trouxas via Contente

Entre as várias dicas desses links, pretendo implementar a de usar um despertador analógico no quarto e parar com a mania irritante de olhar as notificações no celular logo que acordo.

Se vou chegar ao final de 2017 com essa meta cumprida? Não sei. Mas espero ao menos melhorar a minha relação com o digital e aproveitar melhor o tempo fora (e dentro) do home office. Torçam por mim. <3

Quer receber mais dicas home office e também vagas?

Então curta nossa página.

Participe do nosso grupo no Facebook.

Receba novos posts por email.

Siga o @adorohomeoffice no Twitter.

Use a hashtag #adorohomeoffice no Instagram.

10 Comments

  1. Muito bom! Eu uso o Rescue Time e gosto bastante (ele faz ter vergonha de mim mesma em ver quando tempo passo em redes sociais..haha). Pra quem fica muito no Facebook recomendo o Kill news feed também!

    • Juliana Franzon janeiro 19, 2017 at 9:04 am

      Oi, Luciane! Que legal que você curtiu, também acompanho seus posts no Vivendo de Freela, são ótimos. Tô contigo na vergonha pelo comportamento online, hshshs, mas bora mudar esse quadro! Vou testar o Kill News Feed, valeu pela dica. Beijos.

  2. Nossa, também estou vivendo esse drama agora que tenho trabalhado em casa. Logo eu, que achava que jamais ficaria viciada em celular e nem perderia horas do meu dia em redes sociais. Também listei o detox digital como uma das metas para 2017. Só não sou muito adepta de apps, mas gostei de saber que existem estas ferramentas. Força para nós!

    • Então, Tamara, eu pensava que viciados eram os outros, hshshs, até que parei para analisar meu comportamento online. Mas ó, acho que só o fato de ter consciência de que o negócio tá fora de controle já é um avanço! Vamos ver se até o final do ano a gente muda esse quadro. FORÇA, FOCO E FÉ. o/

  3. O Rescue Time é um tapa na cara mesmo! E dos doloridos! O que me ajuda a manter pelo menos um pouco fora das redes sociais é só acessar depois de certa hora do dia. Parece que se abro logo pela manhã ativa o vício e aí não há o que segure! Isso quando eu me lembro dessa regrinha. Rsrs

    • É bem por aí, Tatiane! Se eu abro de manhã e não fecho logo, já era a produtividade do dia. Acho que vou ter que colocar avisos por todo o home office, hshshs. Beijos!

  4. Pena que o Rescue Time não é gratuito…

    • Oi, Laz! O Rescue Time tem uma versão gratuita com recursos que dão conta da maioria das necessidades (é a versão que eu uso). Acho que vale experimentar. :)

  5. Era tudo que eu precisava ler! No momento, estou de quaresma de redes sociais! haha pra ver se consigo “desviciar” um pouco. Também gastava muitas horas fuçando as redes sociais e perdia tempo vendo a vida dos outros enquanto a minha era deixada pra trás, não conseguia terminar meus livros, cuidar da casa, fazer comida etc, porque nunca tinha tempo! Estou há 4 dias sem facebook, instagram e grupos do whatsapp. Espero que seja uma boa experiência esse detox! ;)

  6. Muito boa essa matéria, só de pensar que muitas pessoas passam por isso, eu trabalho home tem dias que desligo td para poder dar andamento na minha programação, temos q nos policiar e criar maneiras e técnicas para poder trabalhar melhor.Essas dicas de apps são top vou testar algumas delas, vamos ver se dá certo

Deixe uma resposta