Second Home: um coworking com mais de mil plantas

second home coworking

O Second Home, considerado o mais emblemático espaço de trabalho londrino, chegou em Lisboa no final do ano passado.

Ocupando o mesmo prédio que o Mercado da Ribeira, um dos mais antigos mercados de Lisboa, o coworking estabeleceu na capital portuguesa a mesma atmosfera inovadora que o consagrou em Londres.

As cerca de mil plantas integradas ao espaço não são apenas elementos decorativos, uma vez que também têm a função de reduzir o ruído e melhorar a qualidade do ar.

second home coworking 1

“Tudo o que fazemos na Second Home é inspirado na natureza”, diz Rohan Silva, um dos co-fundadores da Second Home. “Não há linhas retas nos desenhos porque não há linhas retas na natureza, é também por isso que cada cadeira e lâmpada de mesa é diferente – isso reflete a complexidade que você encontra na natureza, onde cada folha e ou floco de neve tem uma forma diferente”.

A Second Home acredita que essa abordagem acabará por tornar as pessoas que trabalham em seus espaços mais felizes e criativas, além de reforçar a missão da empresa.

second home

Além da vegetação abundante, o coworking ainda oferece um Surf Bus que leva os trabalhadores até a praia, uma biblioteca com dois mil livros em português e inglês para partilhar, máquina de café italiana, uma área dedicada à meditação, ioga e pilates, e um bar que fica aberto ao público em dias de eventos e exibição de filmes.

* Com informações de Fastco Design.

** Imagens via Designboom e Second Home.

Quer receber mais dicas home sobre coworkings e home office?

Então curta nossa página.

Participe do nosso grupo no Facebook.

Receba novos posts por email.

Siga o @adorohomeoffice no Twitter.

Use a hashtag #adorohomeoffice no Instagram.

Deixe uma resposta