Trabalhadores remotos são mais produtivos?

Essa é uma das questões chaves quando falamos em trabalho remoto. Trabalhar em casa é mais produtivo do que trabalhar em um escritório? Trabalhadores remotos vão sempre dizer que sim, enquanto chefes tradicionais vão sempre dizer que não. Então, qual é a verdade?

Vamos aos fatos! Um dos estudos mais citados a partir de 2014 é o do site de viagens chinês CTrip, que permitiu que alguns de seus funcionários pudessem trabalhar remotamente e comparou o rendimento com pessoas de mesmo cargo e função que continuaram trabalhando no escritório. A maioria dos fatores analisados foi igual, mas os trabalhadores remotos acabaram fazendo 14% a mais de ligações, o que equivale a um dia extra de trabalho por semana. É um estudo simples e antigo, mas que demonstrou de forma prática como os trabalhadores remotos renderam muito mais.

Outra pesquisa de 2016 feita com trabalhadores remotos americanos mostrou que cerca de 91% das pessoas que trabalham em casa sentem que são mais produtivos do que quando estão em um escritório. Este é um levantamento de auto-relato, o que significa que é provavelmente menos preciso do que um experimentador ou avaliação de supervisor, mas é um número esmagador que não deve ser ignorado.

Outros números também impressionam. Em 2006, antes mesmo da explosão tecnológica atual, a Best Buy introduziu um programa de trabalho flexível e acabou vendo um salto de 35% na produtividade dos funcionários. Um estudo da Connect Solutions também descobriu que 77% dos trabalhadores remotos conseguem produzir mais em menos horas, porque tem menos distrações como reuniões, conversas e colegas de trabalho barulhentos.

Em resumo, trabalhar em casa pode ser mais produtivo, embora não seja algo garantido. Podemos afirmar, a partir desse tipo de estudo, que a maioria das pessoas é mais produtiva trabalhando em casa, mas também dependem das políticas propostas pelos empregadores.

É importante lembrar que a produtividade bruta não é o único benefício obtido por ter uma política de trabalho flexível. Ter empregados fora do escritório pode gerar uma grande economia nas despesas fixas e também pode aumentar a moral dos funcionários, melhorando a retenção e colaboração.

*Com informações de Forbes

** Esse post faz parte da parceira entre a HOM e o Adoro Home Office. A HOM é uma empresa especializada em ajudar organizações a implantarem e gerenciarem novos modelos de trabalho a distância. Clique aqui para saber mais.

trabalhe em casa