Quanto ganha um freelancer?

Tem pesquisa nova sobre freelancer na área! A Payoneer fez um levantamento mundial para descobrir os ganhos dos profissionais freelancers. O relatório é bem completo e traz resultados feitos com mais de 21 mil freelas, de 170 países! Ela traz dados relevantes sobre como esses profissionais conseguem trabalho e movimentam a economia local.

Vamos listar aqui alguns dos dados mais relevantes, mas se você trabalha de forma independente, recomendo que leia com atenção todo o estudo (clique aqui). Você vai poder fazer análises de quanto vale sua hora, entender melhor o mercado e a concorrência e quem sabe faturar ainda mais.

*Design do infográfico: Leo Becker (leo@santoforte.co)

Principais dados levantados pela pesquisa

– A média mundial do valor/hora de um freelancer é de 19 dólares. Esse número fica acima da média da hora/salário na maioria dos países envolvidos na pesquisa.

– Os freelas são jovens! Mais de 50% responderam que têm menos de 30 anos. Ao mesmo tempo, quem é mais velho consegue faturar mais.

– Freelas com mais escolaridade ganham mais.

– Independente da localização de cada profissionais, mais de 2/3 trabalham para clientes baseados na América do Norte e metade deles trabalham para clientes com base na Europa.

– Mais de 80% dos profissionais focam em até 3 jobs por vez.

– 50% dos pesquisados trabalham entre 30h e 50h por semana.

– Freelas da área de finanças, gerenciamento e RH são os que trabalham mais horas por semana.

– Profissionais oferecendo serviços jurídicos cobram mais do que qualquer outro (28 dólares) e trabalham menos horas por semana.

– 3/4 dos profissionais conseguem empregos através de marketplaces online.

– O Facebook é a mídia social preferida de 54% dos freelas para divulgar o trabalho.

Mais algumas curiosidades sobre freelancer

– 57% dos freelas cobra menos de 15 dólares por hora e 14% cobram mais de 30 dólares

– Nem sendo freelancer as mulheres conseguem igualdade salarial. A média de ganho dos homens é de 20 dólares por hora, enquanto das mulheres é de 16 dólares.

– Idade traz experiência. Por isso os freelas na casa dos 60 anos ganham 60% do que os jovens de 20.

O que gostariam de melhorar?

A pesquisa perguntou aos freelancers o que eles gostariam de melhorar no processo de trabalho. Sem surpresas, a grande maioria (68%) respondeu que gostaria de ganhar mais dinheiro. Mas 54% também disseram que gostariam de mais métodos para encontrar clientes e trabalhos e 34% disse que gostaria de trabalhar com mais clientes internacionais.

O que mais surpreendeu você nessa pesquisa? Conta pra gente nos comentários.

Quer saber mais sobre trabalho remoto e home office?

Apoie o Adoro Home Office.

Então curta nossa página.

Participe do nosso grupo no Facebook.

Receba novos posts por email.

Siga o @adorohomeoffice no Twitter.

Use a hashtag #adorohomeoffice no Instagram.

Compre nossos produtos na Lojinha.

  • Almerissa Barduzzi

    Tudo a ver conmigo.
    Trabalho pra caramba pq quero ganhar mais e ter só cliente gringo. Mas acho que países de terceiro mundo recebem menos, como América Latina.
    Além disso competimos com os da philipinas que chegam a cobrar 4 dólares a hora.
    Obrigada por compartilhar.

    • Exatamente, Almerissa! Também pensei que esses países que cobram bem barato devem ter puxado a média para baixo. Eu também tô me esforçando pra ter mais clientes gringos e faturar mais por hora! ;)

    • Vocês trabalham por alguma plataforma?